A bola não pode faltar

A bola é um objeto utilizado por várias pessoas em diversos desportos. A bola é por vezes esférica, mas pode ter algumas outras formas, como a oblonga (apenas em alguns casos especiais, como a bola de rúgbi). Ou a quadrada ( que é usada somente em jogos de dominó). A bola pode ser oca e repleta de ar, como a bola de futebol, ou sólida, como a bola de bilhar ou de golfe. Na maioria dos jogos, as jogadas acontecem em função do estado da bola que vai ser acertada, chutada ou lançada pelos jogadores.

No futebol, esporte que é paixão em todo o Brasil, um acessório que sempre será indispensável é a bola. Pode-se jogar num campo de várzea, ou até no meio da rua, com um time de camisas e um sem camisas e também com um time descalço. Pode marcar o tamanho do gol com pedaços de madeira, mas se não tiver a bola não da de jogar. O objeto que é considerado muito importante em mais de trinta modalidades esportivas desde o jogo de bolinha de gude até o boliche. A bola está presente desde os tempos primitivos quando era usada por crianças em suas brincadeiras e normalmente era feita por vários materiais. Uma bola não precisa necessariamente ser redonda, por exemplo, da bola de futebol americano que é pontiaguda em duas extremidades.

O forro pode ser de algodão ou poliéster que cobre toda a câmara e a quantidade de gomos nas bolas profissionais são em um total de 32 e a cobertura totalmente em couro PVC, poliuretano ou material sintético. Bolas coladas são menos resistentes, que as costuradas são muito mais indicadas, sendo que as  mais costuradas à mão são muito mais bem feitas e um pouco caras. O importante em um jogo de futebol é além da segurança a diversão. Com uma boa bola adequada ao tipo de modalidade escolhida é possível você marcar vários gols incríveis e obter efeitos impressionantes apenas com um pouco de jeito para chutar e estilo próprio. Independente da bola, o futebol será sempre um vício uma febre entre a maioria dos brasileiros.