A superação individual com a participação da consciência

Nas tentativas de superar-me e evoluir nos aspectos moral e espiritual, com os meios fornecidos pelas crenças e pela cultura comum, não consegui nenhum resultado. Refletindo sobre a falha que me impossibilitava de alcançar êxito nesse aspecto, percebi que estava partindo sempre de um ponto evolutivo fictício, ao que me encontrava. Para sanar essa falha, concluí que, primeiramente, deveria conhecer a minha realidade interna, os meus sistemas mental e sensível, as minhas deficiências psicológicas e o meu potencial interno.

Na realidade, esses desconhecimentos e os das Leis Universais, nas quais está plasmada a suprema vontade do Criador,  e que devemos acatar, me impediam de alcançar a superação a que me propunha.

Com a ajuda dos elementos logosóficos, comecei a reestruturar a minha vida em suas diversas ordens, procurando debilitar e eliminar as crenças e os preconceitos, por serem nocivos ao desenvolvimento das faculdades do sistema mental, o que prejudica, consequentemente, a evolução. Comprovei também a influência negativa das deficiências psicológicas na minha vida e senti a necessidade de debilitá-las e, aos poucos, eliminá-las.

A Logosofia é uma Ciência eminentemente prática e original. Foi criada pelo humanista e pensador – Carlos Bernardo González Pecotche – com a finalidade de proporcionar ao homem, por meio da realização do processo de evolução consciente e de um método próprio, os conhecimentos de uma hierarquia superior, para que possa encaminhar a sua vida de uma forma consciente. Para isto, criou a Fundação Logosófica que propicia um ambiente adequado para o estudo e a prática dos seus ensinamentos. Nesse ambiente reina uma grande força denominada afeto e entre os estudantes prevalece uma ética superior de respeito, de tolerância e de liberdade.

Ao verificar que os pensamentos são os agentes causais do nosso comportamento, procurei selecioná-los, por meio da disciplina mental, procurando afastar e eliminar da mente os negativos e os contrários aos propósitos de superar-me, visando abrir um espaço na mente para ocupá-lo com pensamentos positivos e edificantes.

Com esses novos conceitos, proporcionados pela Logosofia, tenho procurado edificar uma nova vida, encaminhando-a para um destino superior, de acordo com a sua finalidade para a qual fomos criados.

Sinval Lacerda

Para mais informações sobre a Logosofia e a Fundação Logosófica:

www.logosofia.org.br