A vida dos outros

A vida dos outros

A vida dos outros é uma petisco irresistível.

Ah! Que ocupação maravilhosa!

Podemos tirar,

podemos botar,

podemos modificar do modo que mais nos conviermos.

Julgamos conforme nossa realidade.

Sempre é fácil para nós observadores definir situações,

estamos sempre atentos para os erros e falhas,

nossos olhos dançam vasculhando todos os ângulos,

sempre investigando todos os cantos,

estamos sempre nos esforçando por descobrir um defeito,

para mais que depressa nos deleitarmos,

deliciarmos-nos com imenso prazer de apresentar uma solução,

ou exibir uma adequação.

É como Viver em uma realidade virtual,

por mais intervenção que tenhamos,

nada na verdade nos atinge,

e assim friamente julgamos,

e damos nossa sentença conforme nosso sentimento,

de acordo com nossa realidade,

e quando não mais nos interessa,

abandonamos o Avatar e procuramos Viver outra historinha.

Ah! Como é fácil resolver o problema dos outros,

Epa! e… os meus problemas,

E… minha vida,

Deixa prá lá que os outros cuidam!

Jorge Francisco