TDAH: um transtorno ou uma alta habilidade?

O artigo propõe uma discussão sobre as características negativas e positivas do TDAH (transtorno de déficit de atenção e hiperatividade) e sugere o olhar fenomenológico existencial como sendo um modo mais cuidadoso de abordar a questão