Avaliadores usam a dinâmica de grupo para observar as características pessoais e em grupo dos candidatos

Temida por muitas pessoas, a dinâmica de grupo é uma forma de seleção utilizada por várias empresas para escolher o candidato ideal. Este tipo de atividade proporciona aos selecionadores uma observação melhor dos profissionais que estão concorrendo à vaga, diferente de outras ferramentas como a entrevista convencional. “É possível analisar as atitudes, conhecimentos e comportamentos dos candidatos com maior fidelidade. Geralmente o entrevistador faz deduções com base no currículo e na conversa com a pessoa, mas na dinâmica é possível comprovar ou não tudo o que foi dito”, afirma Gledson Rossetti, coordenador de marketing da Global Network Curitiba.

Os principais objetivos das dinâmicas de grupo são analisar as características individuais e em grupo dos profissionais, conhecer seu desempenho diante de uma equipe e constatar se o perfil e as competências do candidato são compatíveis com o cargo oferecido. “Você será avaliado desde a entrada na empresa até a saída, por isso é bom estar atento a sua conduta durante o processo. Controle o nervosismo, procure ser o mais natural possível e prepare-se para se dar bem na dinâmica”, ressalta.

Para se preparar, Gledson sugere que os candidatos consumam alimentos leves no dia anterior e durmam bem. Ler e relaxar são atividades que ajudam a diminuir a ansiedade. “A apresentação também é importante. Como algumas dinâmicas exigem movimentação, o ideal é usar roupas confortáveis e sóbrias, que combinem com seu perfil profissional”, recomenda. O coordenador lembra ainda que é essencial pesquisar sobre a empresa e o cargo oferecido, assim é possível se adequar aos princípios e valores da organização.

Durante a dinâmica é preciso concentração e controle. Prestar atenção no que está sendo perguntado ou pedido é o primeiro passo para executar as tarefas da melhor forma possível. “Procure não se exaltar quando algum assunto estiver sendo discutido, exponha sua opinião com base em argumentos sólidos e ouça as outras pessoas, tentando ponderar a melhor posição. Para evitar surpresas mantenha-se atualizado, lendo jornais, livros e revistas, já que muitas empresas usam cases factuais ou notícias como tema das discussões”, observa.

Para efetuar as tarefas, cuidado para não passar por cima dos outros candidatos. Todos devem conversar e dividir as funções entre si antes de começar. “Leve a sério a dinâmica e se esforce para contribuir ao máximo com a equipe. Tente explorar competências como comunicação, flexibilidade e negociação para se sair bem, pois são algumas das que o mercado de trabalho mais valoriza”, aponta. Gledson acrescenta que além de ser uma etapa de seleção, as dinâmicas servem como um bom instrumento de autoconhecimento, no qual você poderá ver seus pontos positivos e no que precisa melhorar.

http://www.gnetwork.com.br

eberson@gmetwork.com.br

41 3205-7545 / 41 3205-8575