Brincadeiras Infantis

Observando o comportamento das crianças no cotidiano, percebe-se que elas, na era da informatização, passam cada dia mais tempo na frente de um computador, de uma televisão ou se entretendo com brinquedos eletrônicos. Fazendo com que brinquem menos e socializem-se menos com outras crianças. Com isso a criança perdeu o hábito saudável de brincar outras brincadeiras, até mesmo de ver o mundo além da janela. Sendo assim, surge a idéia de uma prática de mudanças no brincar.

Resgatando as brincadeiras antigas

Propor às crianças um jeito diferente de brincar, resgatando, conhecendo e valorizando brincadeiras infantis antigas possibilitando momentos que desenvolvam suas habilidades cognitivas, seu potencial de reflexão e de construção do conhecimento pois é com o lúdico que ela experimenta a vida, resolve problemas e desenvolve a sua socialização atitudinal própria e coletiva.

Sugestões de brincadeiras

  • “Telefone sem fio”
  • “O Passa anel”
  • “Vira Latas”
  • “Coelhinho na toca”
  • “João bobo”
  • “Corrente que pega gente”