Compostagem

compostagem

Conduzido por todos os participantes

Reportado por Armando Dias monteiro

Introdução

Compostagem é a prática aplicada no controlo da decomposição de materiais orgánicos. A decomposição é um processo dinâmico que ocorre rápida ou lentamente, dependendo de várias condições. Factores que afectam o processo de compostagem são: i) Relação C/N, ii) Área da superfície das partículas iii) aeração, iv) humidade e v) temperatura.

i) Relação Carbono / Nitrogénio: Carbono e nitrogénio são dois elementos fundamentais na compostagem. O material compostando fornece carbono que é o maior componente da celulose e lignina responsável à resistência da parede celular e nitrogénio para sintetizar proteinas. Os microorganismos absorvem os elementos carbonos e nitrogénio na proporção ideal (relação óptima de C/N está em volta de 30-35).

ii)  Área da superfície das partículas: A decomposição pelos microorganismos acontece quando a área da superfície das partículas entra em contacto com o ar. O aumento da área da superfície do material a ser compostado pode ser feito pelo corte do material em pedacinhos. Quando a pilha tem volume muito alto, interior da pilha tende a faltar aeração e a pilha fica sugeita a compoctação. Quando a mesma possui menos volume, o calor se perde facilmente ou a pilha não aquece o suficiente  para destruir os patógenos.

iii) Aeração: A decomposição eficiente pode somente ocorrer se oxigénio suficiente estiver presente. Se a pilha não fôr aerada, isso pode produzir um odor sintomático da decomposição anaeróbica. O sistema de compostagem ou estrutura deve ser incorporado a ventilação adequada.

iv) Humidade: A presença de água é básica para o bom desenvolvimento do processo. Se a humidade cair abaixo de 40 %, a actividade microbiana será lenta ou torna dormente. Por outro lado, se a humidade exceder aos 60 %, a aeração é retardada, os nutrientes lixiviados, a decomposição lenta e odor de decomposição anaeróbica.

v) Temperatura: Os microorganismos geram calor, com isso decompõem matéria orgánica. A pilha da compostagem com temperatura entre 30 e 60 0C é uma compostagem eficiente. Dado que é requerida alta temperatura para a rápida decomposição, o processo será inevitavelmente lento durante o clima frio.

O composto orgánico é um fertilizante de alto valor para a lavoura e tem sido usado à   séculos na necessidade de aplicação de nutrientes para o crescimento de várias culturas.

Processamento e preparação do material

escolha do local

A localização conviniente seria a perto de origem d’ água, bem drenado, uma área sombreada e plana.

Empilhamento

Palha de arroz foi cortada em pequenos pedaços e empilhada cerca de 15 cm uniformente espesso na armação de madeira com medida de 1.5 por 1.5m. Ureia foi aplicada a 1.4 kg por cada 100 kg de palha de arroz para ajustar a relação C/N a mais ou menos 30. Água foi expalhada a cada camada, até gotejar entre os dedos, quando o material fôr comprimido.

O material foi prensado com os pés (pisadas), pisando ligeiramente forte ao longo das bordas da armação. Esse processo foi repetido até que a altura da pilha atingiu cerca de 1.5 m. A pilha foi coberta com uma lona para prevenir perda de nutrientes  pela lixiviação através da chuva.

Remeximento

A temperatura na pilha subiu para 60 0C depois de 2-3 dias após o empilhamento. Quando a temperatura do composto caíu para próximo da do ar, a pilha foi virada para se conseguir uma decomposição uniforme. A material virado foi novamente empilhado e a compostagem  fica pronta depois de 3-4 meses, onde tornará humida, macia, e de coloração acasatanhada a preta

Processo de decomposição observado

Tão logo a formação da pilha inicial, começou a decomposição por microorganismos.

Na primeira fase, bactérias e fungos predomindantes da condição aeróbica começam as suas actividades, dá-se a elevação da temperatura devido a respiração dos mesmos.

Eles dissolvem açucar, ácido amino e proteína e produzem ácidos. O aumento da temperatura nessa fase excede os 70°C influenciado pela maior disponibilidade de oxigénio.

Na segunda fase, a população predominante são os actinomicetos, bactérias e fungos sob condição anaeróbica e alta temperatura.

Finalmente, com a fase criófila, em que a temperatura reduz, pode ser encontrado protozoários, nematóides, formigas, miocas e insectos.

Cada grupo é especializado e desenvolvido em melhor faixa de temperatura. Promover condições para estabelecer a  melhor temperatura para cada grupo de microorganismos é essencial.

Quando a temperatura, tanto a do composto quanto a do ar caiem, a pilha deve ser virada para uma nova decomposicao.

1o estágio
3o estágio
2o estágio
Remeximento

Referência

Christopher, S. 2004. Making and using compost. University extension, University of Missouri-Columbi

Gravura 1. Empilhando o material.                     Gravura 2. Composto fermentando.
Gravura 3. Composto sendo empilhado              Gravura 4. Removendo a armação

novamente depois de remexido .