Dê uma chance ao amor

O artigo que começa a ser escrito vem a abordar um assunto que parece simples de entender, mas representa uma grande dificuldade a níveis práticos, isto é, a palavra amor e a sua derivação verbal amar, pode-se dizer que é a palavra e o verbo mais conhecido do planeta, é a palavra mais primitiva de todos os idiomas, e será que algo está se perdendo em pleno nosso século?

 

Muitas pessoas desde a primeira infância são adestradas a distorcerem as suas condutas quando ouvem falar da palavra amor, muitos até chegam a registrar em suas mentes subconscientes uma carga emocional para a palavra amor semelhante a carga emocional registrada para a palavra sexo.

 

E tem mais, muitos ainda cometem o crime de registrar em suas mentes subconscientes um significado para a palavra amor semelhante ao significado das palavras frustração, medo, desilusão e por ai vai.

 

Quando se fala em amor, o que vem a sua mente? Faça uma analise em seu interior, e se vieram junto com o seu esforço mental um desconforto e lembranças negativas e angustiantes, CUIDADO porque você pode estar prestes a desligar os aparelhos mentais que mantém o seu desejo de felicidade respirando.

 

Não que neste assunto o autor que vos fala seja dono da verdade, mas particularmente o que me salta a mente quando tento exemplificar o que pode vir a significar a palavra amor, de imediato me vem a sensação de estar ao lado de alguém que me faça sentir um bem estar tamanho a ponto de me perder no brilho do olhar dela, de sentir até calafrios só de pensar em passar um único dia sequer longe de alguém que não consigo entender como consegui passar tanto tempo longe e muitas outras coisas que não caberiam neste artigo.

 

E tomando por base o conhecimento de psicologia aplicada que dá sustentação ao que será sugerido neste artigo, fico contente por encontrar uma concepção positiva para a palavra amor em minha mente, mas como o que importa para mim é o seu bem estar, vamos estudar juntos algumas estratégias eficazes que farão com que você instantaneamente comece a sentir correr dentro de si um fluxo de energia tão forte e será irremediável para você se afastar de experimentar todas as possibilidades positivas que o cultivo acertado de pensamentos e sensações emanados da palavra amor.

 

Gostar de alguém é simples e fácil, pois já nascemos programados para só gostar de estar na presença de pessoas iguais a nós, e o mais interessante é que quanto mais mantemos contato com pessoas que se diferenciam de nós em algo, maior é o desconforto que sentimos.

 

E detalhe, intensificar e estreitar os laços de afinidade com as pessoas não é tarefa difícil quando você realmente está disposto a interagir com as demais pessoas.

 

O amor só surge com interação e confiança, guarde bem o que estou a dizer, frise bem isto, concentre-se nestas duas palavras INTERAÇÃO E CONFIANÇA.

 

A grande razão do fracasso nas relações afetivas modernas é o fato das pessoas decidirem se relacionarem uma com as outras por muitos motivos como status social, profissão, religião, acordo social, fuga em dupla do sentimento da solidão, exceto por dois motivos que deveriam ser o ponto de partida de tudo, isto é, deveriam se relacionar por ser a outra pessoa a que mais interage conosco e a que mais nos inspira confiança.

 

Nas relações afetivas, posso desafiar a qualquer pessoa a comprovar que se é possível amar de fato e de verdade sem cumplicidade e confiança mutuas.

 

Antes de dizer para si que está amando alguém, veja se o nível de confiança de um para com o outro está em um nível satisfatório e veja também se você e sua paquera estão interagindo de forma satisfatória dinate dos assuntos do cotidiano. Fazendo isto você reduzirá em 99,99999999998% as chances de sofrer por desilusão amorosa. Lembre-se quem avisa amigo é.

 

Por fim, esforce-se em aprender a amar, e curta segundo a segundo a sua transformação na sua caminhada única e irreversível rumos a felicidade e realização na vida a dois. A mágica da vida não está no fato de se viver por longos e longos anos, mas sim no fato de entender que podemos nos tornar melhores pessoas segundo a segundo.

 

Atenciosamente

Hudson Sander

Point dos Amores

www.pointdosamores.com.br