DIFICULDADES DE APRENDIZAGEM

RESUMO

Este artigo está baseado na reflexão sobre dificuldades de aprendizagem e a construção do desenvolvimento cognitivo do aluno. Percebe-se a preocupação de todos os que trabalham com a educação do indivíduo, já onde detectamos que uma tendência quase unânime que não podemos relacionar uma turma normalmente numerosa com os conteúdos planejados já que cada aluno consegue uma aprendizagem diferenciada.

E essa reflexão nós vamos fazendo com os grupos com os quais trabalhamos e já percebemos que é fundamental fazer a diferenciação. E que o maior percentual de fracasso na produção escolar de crianças encaminhadas a consultórios e clínicas, é produzido na família ou pelo próprio ambiente escolar. O professor deve educar pelas atitudes afetivas. Elas pesam mais no processo de educação do que o próprio discurso e preocupação de lançar conteúdos. Em harmonia podemos ajudar a construir valores, na medida em que, através dela nos defrontamos com a verdadeira condição humana, com potencialidades e limites. A família é a base para a formação do caráter em qualquer situação e de fundamental importância para que o indivíduo encontre seu ponto de equilíbrio.

Palavras-Chave: Dificuldades. Aprendizagem. Aluno. Escola. Professor.

1. INTRODUÇÃO

Diante dos problemas abordados no cotidiano dos professores, onde um considerável número de alunos que sem aparentar deficiência mental, não alcançam rendimentos esperados em sua aprendizagem.

Segundo Pain (1992) “supõe-se um desvio mais ou menos acentuado do quadro normal, mas aceitável, e que responde ás expectativas a um sujeito que aprende” (p, 27). Entendemos que somos professores e os alunos estão em nossas escolas, em nossas classes devemos então assumir-mos com todos os nossos conhecimentos, com toda nossa dedicação, partindo da realidade constatada. Sabendo que este é um processo complexo em que devem ser incluídas as inúmeras variáveis: aluno, professor, concepção e organização curricular, metodologia, estratégias e recursos. Com a ajuda do professor o aluno apresentará progressos qualquer que seja ao seu nível. Certamente o professor deve está consciente de que cada nova turma será sempre um novo desafio no dia-a-dia da sala de aula.

As alegrias e problemas, com certeza será uma experiência muito enriquecedora tanto pessoal quanto profissionalmente para quem assume o papel de educador.

As crianças também podem contribuir com o bom rendimento da turma, quando os colegas estão sempre dispostos para ajudar em quem apresentam dificuldades na aprendizagem,construindo assim uma escola solidária onde cada indivíduo consegue um rendimento diferenciado, já que cada pessoa pode ser portador de sintomas diferentes.

O significado dos sintomas não pode ser dissociado nem da dinâmica da família, nem do papel desempenhado pela escola.