Faça de um aluno formador de opinião

Para iniciarmos este artigo, surge uma frase de Augusto Cury, em seu livro, “Pais Brilhantes e Professores Fascinantes”, na qual ele escreve: “Bons professores educam para a profissão, professores fascinantes educam para a vida”.

Sabemos que grande parcela do sucesso social e profissional de várias pessoas vem da sala de aula, diante desse sucesso, o professor.

Na área da educação, grande parte dos profissionais procura técnicas de estudos para capacitá-los a ser um excelente profissional, o que é muito certo e não há dúvidas de tal atitude.

Mas e a outra parte de professores? – ser professor ou um educador? A escolha pode ser feita por cada um de nós, porém quando há sucesso de um aluno nosso, uma vitória no trabalho ou um elogio merecedor, sem dúvida nos tornamos os melhores professores do planeta.

Diante de muitos problemas que o fator educacional nos exibe, dar aos nossos alunos o direito de uma boa educação, a estarem aptos a encarar um mundo de competitividade seja para o ingresso numa universidade ou mesmo no mercado de trabalho, e ao final do programa apreciar os frutos de um bom trabalho realizado, deve sem dúvida ao trabalho de um docente.

Na primeira frase deste: “Como capacitar alunos a serem cidadãos formadores de opiniões?”; a resposta é certa: Não deixar de acreditar nos sonhos de cada um, pois senão, onde estará o futuro?