Impacto e uso tecnológico no ambiente escolar

IMPACTO E USO TECNOLÓGICO NO AMBIENTE ESCOLAR

 

 


ALYSSON FARIAS LEANDRO DE OLIVEIRA

LUCIANO ALVINO DA COSTA

 

 

 

IMPACTO E USO TECNOLÓGICO NO AMBIENTE ESCOLAR

 

 

 

 

JOÃO PESSOA – PB

2011

 

 

 

SUMÁRIO

 

1. INTRODUÇÃO…………………………………………………………….. 04

2. REFERENCIAL TEÓRICO…………………………………………… 04

3. CONSIDERAÇÕES FINAIS………………………………………….. 06

4. REFERÊNCIAS…………………………………………………………… 07

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

IMPACTO E USO TECNOLÓGICO NO AMBIENTE ESCOLAR

 

 

RESUMO

 

O uso da tecnologia no ambiente escolar estimula o conhecimento através de novas ferramentas tornando o ensino mais eficaz. A grande revolução que o computador promove é permitir uma educação massificada no sentido de que há muita informação disponível. O ensino não será limitado ao livro didático, porque estes deverão ser melhores e adequados à informática, até mesmo com sugestões de sites. Assim, esse artigo tem como objetivo ajudar na busca de uma qualidade de ensino cada vez melhor às exigências do desenvolvimento científico e social presente.

Palavras-chave: Impacto. Uso Tecnológico. Ambiente Escolar

ABSTRACT

The use of technology in the school environment encourages learning through new tools for making teaching effective. The great revolution that promotes computer education is to enable a mass in the sense that much information. The teaching is not limited to textbooks, because they should be better suited to computing and, even with suggestions of sites. Thus, this article aims to help find a quality education better to the demands of scientific and social.

Keywords: Impact. Use Technology. School Environment

 

 

 

04

1. INTRODUÇÃO

Conforme podemos nominar dois momentos que ainda estão vigentes: o primeiro foi o surgimento do computador com o seu ponto mais elevado no aparecimento do PC (personal computer) e o segundo começa com as primeiras redes de comunicação que utilizam computadores conectados a um servidor que se desenvolvem o ponto atual da www (world wide web) – rede mundial de computadores.

Para alguns professores, por não observarem que o uso tecnológico no ambiente escolar já está implantado nos livros didáticos, na linguagem e que é uma nova concepção, no ensino aprendizagem, acham que este é uma intromissão na educação. A introdução do computador na sala de aula é um momento diferente na escola, porque com essa ferramenta tecnológica podemos fazer mais e melhor: calcular, fazer tabelas, escrever, descrever, apresentar, representar, coisas que já fazíamos de maneiras diferentes e com mais dificuldades(GUIOMAR, 2001).

Diante disso o estudante tem que ser orientado e requer mudanças no processo ensino aprendizagem exigindo mudanças na organização da escola e da sala de aula. Portanto, o professor deve atualizar-se com intuito de fornecer as ferramentas para motivar o aluno e ajudá-lo a produzir seu conhecimento, ampliando seu horizonte e acenando com novas possibilidades educacionais.

 

2. REFERENCIAL TEÓRICO

Por estarmos vivenciando um novo século com uma sociedade que transmite e recebem informações buscando novos conhecimentos. Nós hoje temos acesso ao mundo e as suas tradições culturais com muito mais eficácia e rapidez. Por isso, este artigo tem o objetivo de orientar o estudante a otimizar o uso da tecnologia no ambiente escolar do nível Básico ao superior. Essa nova, denominada Sociedade de Conhecimento, não pode exonerar a educação formal que se sistematiza na instituição escolar, ainda que, crianças, adolescentes, jovens e adultos, sejam bombardeadas por informações

05

diariamente com uma velocidade, cada vez maior, pelos mais diferentes meios de comunicação, como a televisão, os rádios, internet.

Moacir Gadotti (2002) diz: que pelo avanço das novas linguagens

tecnologias, precisam ser selecionadas; avaliadas; compiladas e

processadas, para que se transformem em conhecimento válido,

relevante e necessário para o conhecimento do homem como ser

humano em um mundo alto sustentável.

 

De acordo com PIERRE LÉVY (2000), as tecnologias intelectuais, assim chamadas por não serem simples instrumentos, mas por influírem no processo cognitivo do individuo, vão ser os parâmetros utilizados nessa busca de compreensão da estrutura caótica social. Essas tecnologias sempre estiveram presentes na sociedade e, de certa forma, influenciam na percepção e conceitualização do mundo. Os professores devem ser orientados para o uso das novas comunicações e informações no desenvolvimento diário e na sua prática em sala de aula. Não basta ao cidadão, hoje, só aprender a ler e escrever texto na linguagem verbal. É necessário que ele aprenda a ler as diversas linguagens e simbologias que são usadas nas mais diversas áreas da revolução tecnológica decodificada como o computador, os programas multimídias de computação, as Nets redes (sistemas HTTP// e WWW), os códigos de barras, etc.

Como diz APPLE (1995, p. 169-170), é que “a nova tecnologia está aqui. Não irá embora […] Devemos estar muito seguros que o futuro que ela promete para os nossos estudantes é real, não fictício”.

 

 

A tecnologia de comunicação designa toda forma de veicular informação. Tem-se como ambiente de veiculação, incluindo desde as mídias mais tradicionais, como livros, o fax, o telefone, os jornais, o correio, as revistas, o rádio, os vídeos, até as mídias modernas como a informática e a internet. A segunda é a tecnologia de informação que designa toda forma de determinar, gravar, armazenar, processar e reproduzir as informações. Como exemplos de suportes de armazenamento de informações são: o papel, os arquivos, os catálogos, os HD’s dos computadores, os CD’s, DVD’s, ou agora, os PEN DRIVES, os MP3, MP4, etc. dispositivos que permitem o seu processamento, são os computadores e os robôs, e exemplos de aparelhos que possibilitam a sua reprodução são a máquina de fotocopiar, o retroprojetor, o projetor de slides (data show).

 

06

O uso dessa tecnologia leva-nos a preparação diária de teores específicos por parte do professor/aluno (emissor) e do aluno/professor (receptor). Os variados usos dessas mídias (tecnologias) são específicos na tecnologia de informação e de comunicação na criação de um novo tipo de aluno que necessita de um novo tipo de professor. Explicitando, as novas tecnologias de informação e de comunicação podem ser utilizadas para se alcançar objetivos individuais isoladamente.

 

3. CONSIDERAÇÕES FINAIS

 

O uso da tecnologia de forma interativa na sala de aula requer o aperfeiçoamento e compreensão do aluno no mundo em que vive e sua cultura. Constata-se que:

 

A aprendizagem pode se dar com o envolvimento integral do indivíduo, isto é, do emocional, do racional, do seu imaginário, do intuitivo, do sensorial em interação, a partir de desafios, da exploração de possibilidades, do assumir de responsabilidades, do criar e do refletir juntos. (KENSKI, 1996)

 

 

O professor tem que mudar através de preparações em cursos superiores para utilizarem as novas tecnologias em sala de aula, aprendendo a manuseá-las para ajudar os alunos a manipulá-la. O uso e influência das novas tecnologias devem servir ao docente não só em relação à sua atividade de ensino, mas também na sua atividade de pesquisa continuada. O professor “deixará de ser um lecionador para ser um organizador do conhecimento e da aprendizagem (…) um mediador do conhecimento, um aprendiz permanente, um construtor de sentidos, um cooperador e, sobretudo, um organizador de aprendizagem” (GADOTTI, 2002).

 

 

 

 

 

REFERÊNCIAS

Disponível em: WWW.faced.ufba.br/~edc287/edc2871999/nirane1.htm

Acesso em: 05.06.2011

Disponível em: WWW.pofala.com/arteducesp149.htm

Acesso em: 04.06.2011

Disponível em: WWW.faced.ufba.br/~edc287/…/nirane1htm

Acesso em: 04.06.2011

Disponível em: WWW.namodemello.com.br/pdf/escritos/…/tecnologiaforpro.pdf

Acesso em: 04.06.2011

Disponível: WWW.crmariocovas.sp.gov.br/edtii.php?t=001

Acesso em: 04.06.2011

Disponível em: WWW.pucpr.br/eventos/educere/educere2008/anais/pdf/460449.pdf

Acesso em: 13.06.2011