“Mulher moderna e mãe” como tema transversal para discussão

“MULHER MODERNA E MÃE” COMO TEMA TRANSVERSAL PARA DISCUSSÃO
A inserção dos fatos e acontecimentos sociais na escola deve ser feita de forma continua e flexível à realidade do aluno, celebrar o dia das mães é trazer ao âmbito educativo uma reflexão de como estão sendo discutidas as questões de gênero na sociedade é reconsiderar o lugar do ser mulher e mãe na sociedade pós-moderna.
Partindo do relevante papel da mulher na sociedade é possível explicar sobre a origem desta importante data, as conquistas históricas da mulher como o direito a votar, a licença maternidade ademais à ampliação da mesma com a intenção de facilitar a vida materna.
Discutir sobre a mulher pós-moderna é também falar sobre leis que a ampara, como exemplo podemos citar a lei Maria da Penha 11.340/06. Quem foi esta mulher, e o porquê do nome da lei que defende as mulheres. É interessante ressaltar que há uma ideologia de direitos iguais entre gêneros, muitas mulheres ainda tem se submetido a humilhações que não precisam não conhecendo seus direitos como cidadãs participativas da sociedade.
Além do mais há o crescimento das famílias chefiadas por mulheres que se configura uma tendência, muitas são as famílias brasileiras com apenas a figura da mulher exercendo o papel de pai e mãe, e já vigora a independência feminina em relação à submissão masculina, e tais questões refletem nas mudanças que vêem ocorrendo na sociedade.
Apesar do destaque feminino no mercado de trabalho existe ainda discriminação salarial em relação à mulher, camufladamente algumas empresas contratam mulheres para ocupar cargos em que terão a mesma função e responsabilidade de homens, mas com um piso salarial inferior ao deles. Mesmo assim a mulher vem se desenvolvendo profissionalmente, e chegou ao ponto de sentir a necessidade de diminuir a procriação, então a mulher moderna tende a ter menos filhos, procurando facilitar sua vida familiar e profissional.
O conceito de beleza feminina está padronizado, desconsiderando o interior, as qualidades que podem existir em um rosto simples e corpo sem silueta é preciso rever esses conceitos atribuídos a chamada mulher bonita. Lembrando que a beleza tem ligação com a cultura de cada individuo, e nem sempre o que é bonito para um é para todos, portanto é indispensável respeitar as possibilidades que uma mulher tem de se apresentar.
É preciso reconsiderar o valor da mulher brasileira, dissipar estereótipos que a representam dentro e fora do país, ressaltar que a beleza da mulher brasileira não está apenas na visibilidade de partes sensuais de seu corpo, mas ela é muito mais que um objeto a ser consumido. E se outras qualidades dela não aparecem talvez seja devido as possibilidades de serem mostradas, o que não quer dizer que ela se resuma em apenas um instrumento de prazer.
A reflexão sobre a mulher pós-moderna tem uma grande contribuição para a educação em relação à formação do individuo, uma vez que as experiências educativas têm se aperfeiçoado com movimentos sociais, políticos e culturais. Refletir este tema transversal é, portanto romper os muros da escola e o espaço reduzido da sala de aula levando os alunos a terem uma visão sobre o mundo e saber se posicionar frente às questões que cercam sua vivência.

Escrito e organizado por Lúcia Correia.Lucycorreia1@hotmail.coM
Paula Carolina.pcarolina5@hotmail.com