O dia da sua vida

Você vem ao mundo, frio e coberto de sangue. Você chora, enquanto todos à sua volta estão felizes por sua chegada. O médico corta seu cordão, e lhe entrega aos braços de sua mãe, e esta lhe dá liberdade.

A partir de então, aonde quer que você vá, não há um mapa que te guie, tanto que nem sabemos se existem caminhos. Isso não quer dizer que se deve estagnar no mesmo lugar, mas quer dizer apenas que o progresso pode ou não ser uma coisa fictícia. Terá escolhas, acertos, medos, erros, pensando que nada disso importa, mas é claro que importa. Descobrirá que a vida é assim mesmo, tão ficcional quanto parece. Hoje pode ser o melhor dia da sua vida.

Pode-se pensar na possibilidade de que “o quase” é uma coisa ruim, o meio termo não nos adianta de nada. Mas talvez não seja bem assim. Há momentos em que a vida nos exige ponderação, equilíbrio. Por exemplo: livros. Ou você abandona-os de vez e se torna ignorantemente sem conhecimento, ou os lê e se vicia nisso a ponto de se sentir mal amado (a). O mesmo acontece com informação e jornais, música, esporte, e claro, e o dinheiro acima de tudo.

Haverão muitas coisas interagindo em sua psique e fazendo você mudar de idéia. A moda é a principal delas. A segunda, é que muitos arshlochs dirão que dinheiro fala mais alto. Não, nunca se deve acreditar nesses comerciantes. É perceptível que a vida é um desfile de pessoas, e as que se enaltecem por ir na frente, sempre chegam no fim mais rápido do que pensam.

Decisões a serem tomadas: amor ou razão, bem ou mal, felicidade ou dinheiro, honestidade ou conveniência. Também haverá pontos de vista, que serão mudados de acordo com as fatalidades. Mas pode ser que tanto faz, todos terminam da mesma maneira.

Dirão que existe um Deus, anjos, espíritos, e um único homem perfeito que morreu por você. Por enquanto, não há como saber, você acredita ou não. Mas mesmo que achem que não é nada disso o que nos criou, o que nos mantém vivos, é importante rezar. Orar, mesmo sem um Deus, porque esta será a única relação de você com você mesmo. Entregue, confie, aceite e agradeça – à você, antes de tudo. Ou hoje pode ser o pior dia da sua vida.

Haverá manifestações de um destino, que diz que sabe o que virá a acontecer. Como dito antes, pode até ser que isto tudo exista mesmo, mas tem vezes que nada disso basta.

Antes de partir, surgirão perguntas, perguntas que todo mundo quer responder. Mas agora, você sai do mundo, frio e coberto de sangue. Você sorri, enquanto todos à sua volta choram por sua vida. Então esqueça tudo isso e vá viver, ou hoje pode ser o último da da sua vida.