O Pré-Sal – Novas Fronteiras

O pré-sal

O pré-sal refere-se a um conjunto de rochas marinhas, onde se encontra uma camada de petróleo de alta qualidade com baixa acidez e baixo teor de enxofre, o que aumenta seu valor no econômico. Os geólogos estudam a historia do nosso planeta de baixo para cima, pela sedimentação de suas rochas, ou seja, o que esta em baixo é muito mais velho. A identificação pré-sal refere-se a camada de sal que se encontra antes.

A bacia sedimentar do pré-sal esta localizada entre os Estados de Santa Catarina, bacia de Santos, no Rio de Janeiro e se estendendo ate o Espírito Santos. A profundidade do poço refere-se a 2mil metros de lâmina d´água e mais de 5mil metros abaixo do leito oceânico ate o pré-sal que é a jazida de petróleo que comprovadamente é uma das maiores reservas do mundo.

Como fica a 5mil metros a partir da lamina d água as dificuldades da exploração são enormes: primeiro as plataformas convencionais tiveram que se adaptar a esse novo desafio. Segundo, a perfuração convencional se limita a uma tecnologia de 100 anos, herdada dos Estados Unidos e da Rússia. A Petrobras, pioneira na perfuração em águas profundas criou novas tecnologias até chegar além do pré-sal.

A Petrobras juntamente com sua equipe de profissionais, estão conseguindo esse grande feito. A perfuração na camada de sal é um desafio, alem das dificuldades citadas, a Petrobras terá que investir em novas plataformas de perfuração, produção, mais embarcações de apoio, novas sondas além de brocas especiais caríssima para perfurar a camada de sal, podendo ate ser de diamantes, entre outros materiais específicos para cada camada geológica.

Sabendo-se que a cada 40 metros a temperatura sobe 1°C, o fluido de perfuração tem que ser adaptado a essa temperatura e com densidade suficiente para vencer a pressão da lâmina d´água e o CO² existente nessa camada, bem como, o gás proveniente. Uma das grandes dificuldades desta exploração é justamente o CO² aprisionado nessa camada que uma vez liberado pelos equipamentos de perfuração expandem-se e congelam todo o material que por ela tenda a evacuar, como é o caso do petróleo, do fluido de perfuração e de outros inconvenientes que surgiram e que só a tecnologia da Petrobras juntamente com a sua equipe de engenheiros e geólogos conseguem superar todos esses obstáculos, eles pesquisam e estudam a dureza dos matérias, soldagens especiais para aplicar no desenvolvimento tecnológico e da logística desenvolvida pela empresa ao longo dos anos.

E são tecnologias que ainda estão sendo superadas para esse tipo de exploração, mas graças a grandes investimentos na área de pesquisa, a Petrobras está preparada para essa extração.

Vale a pena um investimento tão grande assim, pois o petróleo produzido nessa jazida é de ótima qualidade, e vai gerar divisas, empregos, aplicadas no desenvolvimento dos Estados que usufruem desse hoyts , bem como investimento na preservação do meio ambiente, na educação ambiental, cultural, entre outros, afinal sabemos o quanto a Petrobras participa e contribui para o bem estar social do país.

Convêm lembrar que só a Petrobras possui essa tecnologia de perfuração em águas profundas e ultraprofundas e o pré-sal é uma descoberta que veio somar ainda mais tecnologia a essa grande estatal, e que todos os brasileiros estão comemorando a grande possibilidade de o país vir a ser o maior produtor de petróleo do mundo.