Os Sindicatos no Poder e Os Trabalhadores na…

OS SINDICATOS NO PODER E OS TRABALHADORES NA…

Em todo e qualquer sistema que detenha poder existe a figura da oposição. A oposição em um Governo Democrático, nada mais é que o comportamento do indivíduo que almeja o Poder, passando a fiscalizar as ações da situação (Governo atual), o que traz beneficio para comunidade, e faz assim, transparecer suas intenções Governamentais, angariando simpatizantes para seu pleito. A oposição sempre que bem aplicada (quando o objetivo é o povo), trabalha fiscalizando, orientado, conduzindo, as ações da situação com o intuito de obter um aproveitamento Maximo do erário publico.

Os Sindicatos dos Trabalhadores sempre fizeram oposição aos governos, até mesmo porque, as iniciativas governamentais nem sempre estão em comum acordo com os interesses dos Trabalhadores, divergem às vezes até de forma bem acentuada, forçando as entidades a se posicionarem contra o propósito Governamental. Estas Associações de Trabalhadores tem como único objetivo defender os interesses dos seus integrantes (os Trabalhadores), com esta intenção é que são criadas, e é nesta intenção que são registradas no Ministério do Trabalho (caso Brasil).

Hoje é muito comum, cidadãos intencionados a ingressar na política brasileira, infiltrar-se, inserir-se nestas instituições, usando os Trabalhadores como mola propulsora do trampolim que o conduzirá para o mundo político. Então, quando estão muito bem instalados em uma das cadeiras do Poder, dão uma banana bem grande para os pobres ingênuos Trabalhadores, e passam a semear suas sementes, o que lhes proporcionarão ótimos frutos, frutos só seus, e os Trabalhadores que se danem!

No Brasil vivemos oito anos com um Governo Trabalhista, acredito que por ter à frente do país um partido trabalhista, os dirigentes Sindicais das instituições trabalhistas, intitularam-se com direitos ao Governo, foram se abancando nas principais e mais rendosas cadeiras administrativas da nação, entregando a classe Trabalhadora à sua própria sorte, fazendo incursões no mundo trabalhista apenas quando lhes eram necessário apoio político.

Os Sindicatos dos Trabalhadores perderão o alvo, os trabalhadores estão à mercê dos Patrões, estes por não sofrerem a pressão das associações de defesa dos direitos trabalhista, se sentem livres para agir da forma que mais lhes convier, e o que mais lhes convém são grandes lucros, a todo e qualquer custo, desde que não seja custo financeiro. Desta forma os Trabalhadores brasileiros vivem hoje na condição de um órfão entregue á tutela do Governo. Neste contexto meu amigo, você já sabe, passa pelo abandono, desmando e abusos, é só sofrimento!

Amigos órfãos vamos dá as mãos, vamos lá, vamos juntos chorar!

Jorge Francisco