Osteocondroma

Osteocondroma

Este assunto é muito importante. Pois eu já passei por este problema com minha filha e gostaria de passar um pouco dessa experiência para vocês, sobre osteocondroma.

O osteocondroma é uma exostose óssea, coberta por uma capa de cartilagem e classificada como lesão benigna latente(B-1) ou ativa(B-2). Pode ser considerado um defeito do desenvolvimento em que há um distúrbio na localização e direção da cartilagem encondral de crescimento, mais do que uma verdadeira neoplasia. A exostose é produzida por uma ossificação progressiva da capa de cartilagem hialina, que atua como placa de crescimento e vai deixando à jusante osso esponjoso desorganizado, mas histologicamente normal.

Etiologia

Parece que a causa mais provável do osteocondroma é a modificação na direção de crescimento da placa, causando o desenvolvimento de proeminências ósseas, excêntricas e cobertas de cartilagem.

Incidência e localização

O osteocondroma é o tumor benigno mais comum. Aproximadamente 10% entre todos os tumores ósseos e 30% entre os tumores benignos são osteocondromas. A exostose costuma ser detectada na infância e adolescência.

Os osteocondromas ocorrem em ossos que apresentam ossificação endocondral. A localização principal é a região do joelho, metáfise distal do fêmur e proximal da tíbia. Em seguida, a região proximal do úmero e fêmur. As lesões são localizadas na região metafisária do osso e tendem a crescer no sentido da diáfise, afastando-se da epífise.

Descobrindo a lesão

A lesão é freqüentemente descoberta incidentalmente, no exame radiográfico ou durante a apalpação de uma massa na região acometida (uma bolsa pode se formar sobre o osteocondroma e geralmente é decorrente do processo inflamatório que ocorre pela irritação dos músculos e tendões adjacentes); a dor resulta do trauma direto no tumor ou processo inflamatório que acomete a bolsa. Pode ocorrer fratura geralmente da base da exostose e conseqüentemente dor localizada.

Tratamento

A simples presença do osteocondroma solitário não é uma indicação absoluta para sua ressecção cirúrgica. A ressecção do osteocondroma está indicada quando houver compressão de nervos, artérias, tendões, quando a exostose estiver interferindo com o crescimento da extremidade, levando a alterações funcionais ou mecânicas, ou quando houver irritação da bursa, por motivo estético (pode crescer e deformar o osso).