Saiba as causas mais comuns para obter a bursite

Podemos definir a bursite como uma inflamação da bursa, ou seja, uma pequena bolsa contendo líquido que envolve as articulações e funciona como um amortecedor entre os ossos, tendões e tecidos musculares. Os locais mais afetados desta inflamação são: Ombros, cotovelos, quadris e joelhos. Ela ocorre mais no ombro devido à grande quantidade de bolsas que na região existem.

Alguns dos sintomas da bursite:

  • Dor
  • Edema
  • Inflamação
  • Restrição de movimentos

As causas mais comuns:

  • Traumatismos
  • Infecções
  • Lesões por esforço
  • Uso excessivo das articulações
  • Movimentos repetitivos
  • Artrite (inflamação das articulações)
  • Gota (depósito de cristais de ácido úrico na articulação

Dicas:

  1. O descanso pode ser um fator a melhorar a bursite, evite movimentos bruscos e cargas pesadas.
  2. Utilize sapatos confortáveis, de preferência tênis com amortecimento.
  3. Procure sempre orientação médica e nunca tome medicação por conta própria!!!
  4. Faça a utilização de gelo, para diminuir o inchaço da inflamação.
  5. Use acessórios para alcançar algo a distância, como escada, bancos ou outros.
  6. Realize exercícios, com orientação médica e de um profissional de Educação Física. Jamais realize-os sem supervisão de um profissional.
  7. Não ignore dor no ombro e jamais rotule a dor no ombro como bursite, especialmente se a dor não melhorar após alguns dias de descanso. Existem muitas doenças para as quais uma dor no ombro é um sintoma, mas nenhuma cuja dor e inchaço devem ser ignorados.

É preciso que esta dor seja examinada por um especialista, de preferência por um médico se a dor no ombro estiver interferindo em suas atividades diárias ou no sono.

Cuide-se e Boa Sorte!