Marketing Pessoal (1): O que é?

Tive a oportunidade de participar da cerimônia comemorativa da FIEMG relativa ao Dia da Indústria versão 2009, quando foram prestadas homenagens a alguns empresários que se destacaram. O evento aconteceu no Expominas em Belo Horizonte. Um fato me chamou atenção de maneira especial, a fala eloqüente, persuasiva e ao mesmo tempo simpática do Vice Presidente da República, José Alencar. Apesar de todos os problemas pessoais pelos quais está passando, fez brincadeiras com os presentes quebrando o protocolo sem sair do contexto. A apresentação provocou aplausos incessantes e diversas manifestações elogiosas ao orador. Mas por que algumas pessoas são capazes de provocar essas reações e outras não?

Um dos pilares do Marketing Pessoal é a Comunicação. As expressões verbais e corporais são ferramentas importantíssimas. Todas as estratégias utilizadas com o objetivo de maximizar, projetar as habilidades ou a própria imagem, fazem parte do Mix de Marketing Pessoal. Isso não significa mentir ou inventar qualidades e sim valorizar os pontos fortes em detrimento dos pontos fracos. O objetivo da prática do Marketing Pessoal é o sucesso profissional e ou pessoal. Digo prática, por que a pessoa deve ter um planejamento a ser executado todos os dias. É um exercício.

Alguns elementos merecem atenção especial. Devemos buscar sempre um envolvimento emocional, seja nos projetos ou assuntos nossos ou dos outros. A Comunicação Interpessoal é relevante para a criação de uma rede de relacionamentos, que certamente em determinado momento, refletirá em boas oportunidades de negócios. A isso chamamos de “Network”. A prática de ações de ajuda e incentivo é primordial, bem como educação, elegância e cortesia em todas as situações. O que pode ser considerado básico em determinados momentos, como educação, acaba sendo um diferencial já que hoje em dia a maioria não se preocupa com as ditas “palavrinhas mágicas”, como obrigado, por favor, bom dia, dentre outras. O cuidado com a imagem também é essencial, pois a mesma tem sido determinante em vários momentos.

Na fala do Vice Presidente, foram usadas várias técnicas, sendo a principal delas a análise do perfil da platéia. Ele observou os discursos dos outros oradores, que foram lidos, e, por conseguinte pouco atraentes, e resolveu fazer totalmente diferente. Não leu o texto preparado para ele, por que provavelmente ficou cansado com as leituras dos outros e imaginou que o público também estivesse. Falou simples, mas espontaneamente, contou casos engraçados e exemplos do dia a dia. Dessa forma, parabenizou a FIEMG pelo evento, ressaltou a força do empresariado mineiro e homenageou os agraciados pela medalha do mérito na ocasião. Esse artigo é o primeiro de uma série sobre Marketing Pessoal. Nos próximos, detalharemos as ações que podem abrir as portas do mercado. Considere, caso precise, esses artigos como um manual. Por hora, comece fazendo o uso, sem economia, das “palavrinhas mágicas” em todo lugar e com todas as pessoas.

Autorizada a reprodução desde que citado o autor.

Blog: reginaldorodrigues100.blogspot.com

Twitter: twitter.com/reginaldorod

Site: www.rcem.com.br