Adoráveis Igrejas Novas!

A cada dia vemos um crescente número de igrejas sendo abertas. São as do novo evangelho, da restauração, da liberdade, da renovação… etc.

Os motivos? Eu não sei e nem tenho pretensão de procurá-los, pelo menos por hora. O que eu quero compartilhar com vocês é a minha profunda tristeza com o rumo que as igrejas estão caminhando.

É muito dificil para nós que nos denominamos “Filhos de Deus”, causar um nó tão grande na cabeça das pessoas. Provavelmente você já foi questionado sobre o por que existirem tantas igrejas Batistas, Presbiterianas, Mundiais, Comunidades e Assembléias, ah as Assembléias! É de Deus, de Jesus, do Povo Livre, Belém, Madureira, Independente, Perus, Missão, sem contar naquelas que levam o nome do bairro ou município!

A pergunta é para que? Para que tantas? Temos igrejas que disputam acirradamente o espaço físico com outras (AD Brás x IURD em São Paulo)