Do vidro temperado à realidade aumentada: Passado e futuro do para-brisa

Muito tempo se passou desde que o primeiro para-brisa foi colocado em um carro. Na verdade, antes de 1910 os carros circulavam sem para-brisa, daí que os condutores não possuíam qualquer tipo de proteção em caso de acidente. Posteriormente, entre 1910 e 1940, os fabricantes começaram incluindo para-brisas em seus veículos.

No entanto, os para-brisas ofereciam muito pouca proteção, já que costumavam cair ao menor impacto. Foi no final dos anos 40 que surgiu o para-brisa de vidro temperado que, apesar de ser mais resistente, poderia quebrar no momento do impacto. Anos depois, apareceram os para-brisas laminados que, sendo compostos de diferentes camadas de folha de vidro e policarbonato, são mais fortes e, se quebrados, não desprendem pedaços que podem ferir o condutor.

O para-brisa do futuro

Nos últimos anos a tecnologia tem feito descobertas assombrosas que se aplicam quase que imediatamente nas diferentes áreas do conhecimento. A realidade aumentada é uma das invenções mais interessantes que já está sendo utilizada no mundo automotivo.

Em um futuro próximo o para-brisa se tornará em uma grande tela sobre a qual serão projetados desde mapas e a rota de GPS até informações turísticas. De fato, pesquisadores do Instituto Tecnolôgico de Massachusetts estão trabalhando em um assistente de condução virtual chamado de “Affective Inteligent Driving Agent” que seria capaz de projetar as informações básicas dos lugares por onde viajamos, e até mesmo mostrar o cardápio diário de um restaurante ou o cartaz de um teatro.

Outras empresas como a Pioneer estão trabalhando com o objetivo de projetar no para-brisas as informações encontradas no painel do veículo. Dessa forma, não precisaríamos desviar o olhar da estrada para saber as rotações do motor ou a velocidade com que estamos dirigindo. Se espera que esta tecnologia esteja ao alcance de todos os bolsos em 2016.

Apesar de que, agora mesmo, você já pode ter um aplicativo para iPhone chamado de DriveTools. Esta ferramenta nos diz onde encontrar postos de combustível e parques de estacionamento, o quão eficiente é a nossa condução e até mesmo nos alertar quando excedemos o limite de velocidade. Além disso, DriveTools possui um recurso Head Up Display que projeta a informação sobre o para-brisa.