INCLUSÃO SOCIAL

Risonete de Mendonça Souza*

www.risonetemendonca@yahoo.com.br

Resumo:

O presente artigo visa propor a contribuição na discursão do alto índice da evasão escolar, por motivo da falta de recurso financeiro das famílias, e da exclusão no mercado de trabalho àqueles que não têm acesso a cursos profissionalizantes.                                                                                                                                   O Ministério do Trabalho e Emprego e Governo, criaram um projeto de inclusão social,o Pro-Jovem Trabalhador, esse programa é destinado à capacitação e inclusão no mercado de trabalho do jovem e adulto, entre 18 e 29 anos,que aínda não concluíram o ensino fundamental e estejam desempregados ou com renda per capta de meio salário minmo.  O bjetivo desse programa é da conhecimnto e oportunidade para todos, ofertando uma bolsa de custo para o jovem se manter na sala de aula.                                                                   PALAVRAS CHAVES: Educação,Emprego Inclusão Social.                                                                                        Vale ressaltar que, diante de tantas consequências irreparáveis para a vida profissional do jovem que não têm instrução escolar nem qulificação em determinada areas,esse programa veio para minimizar ou servir de paliativo aos danos que sempre vai pesar na hora de uma seleção em concurso ou entrevista de emprego,por ser uma conclusão de ensino acelerado.                                                                                                Embora já tenhamos pesquisa demostrando que existem jovens que fizeram parte desse programa, que já estão inclusos no mercado de trabalho, alguns jovens entrevistados chegaram a declararem que foi com ajuda desse projeto que suas vidas e das famílias mudaram pra melhor, antes eles não tinham opções nem expectativas por serem seme – alfabetizados e não terem condições de freguentarem a escolar por necessitarem de contribuirem com a renda da família. Os jovens que ainda não foram inclusos no mercado de trabalho,comentaram que recebem do Governo uma bolsa de ajuda de custo, que da para contribuírem com a renda da família, e nã é preciso evadirem da sala de aula a procura de trabalho informal, e estão dando continuidade ao estudo e até fazendo cursos profissionalizantes para garantir uma vaga no mercado de trabalho.                                                                                                                                                                    A possibilidade da sistemática do programa de aceleração para alunos com atraso escolar da um avanço é necessario que todas as etapas do projeto que incluem os temas:jovem e mundo, direitos humanos,juventude e meio ambiente,solidariedade, leis trabalhistas,economia e qualificação social. sejam rigorosamente compridas tanto pelos professores e alunos, como pelas as instituições de ensino, que devem da suporte para os alunos não se sentirem incapzes de alcançarem as suas metas.

* Pedagoga e Pós-Graduanda em Metodologia do Ensino da Língua Portuguesa, pela Universidade Estadual Vale do Acaraú- UVA.