Melhorando a Odontologia com Acupuntura

Ponderada uma nova modalidade pra profissionais, a Acupuntura está obtendo destaque a uma imensa quantidade de tempo devido a suas ramificações de técnicas e seus resultados clínicos aceitáveis. Em um determinado período na Europa, quando a Medicina Tradicional Chinesa foi apresentada, mais precisamente no século dezessete, a mesma não foi bem vista no meio médico. Considerando que a Medicina Oriental se baseia em patamares holísticos, reações independentes de causa, lógica não linear e em teorias científicas não reducionistas, e por outro lado, que a Medicina Ocidental, em movimento contrário, possui fundamento na casualidade linear e em teorias acadêmicas reducionistas, logo percebemos que a Medicina Ocidental era extremamente fugaz em fechar as portas para um fenômeno através do fato da Medicina Chinesa não possuir a comprobabilidade acadêmica vigente.

Enquanto a Medicina Chinesa teve preocupação em visualizar os fenômenos ao lado da natureza em função de demonstrar a sua eficácia, a valente Medicina Ocidental tratou-se de acreditar que a Acupuntura e as outras técnicas orientais não passavam de efeitos placebos. Para o Taoísmo da China, caso a utilização de uma agulha em determinado lugar curasse uma dor ou abscesso de origem dentária, isso já era o suficiente. Já para a Medicina Ocidental, o ocorrido era história e não comprovado via ciência, passava então a ser um exemplo impossível de ter acontecido.

A Medicina da China é um estudo de muitos anos, porém somente a 20 anos a Medicina Ocidental começou a dar credibilidade para a Acupuntura devido a diversos trabalhos clínicos controlados relacionados com a dor crônica, na qual provaram que dentre os enfermos tratados via Acupuntura com problemas crônicos em diversas patologias, uma média de 88% obtiveram a diminuição da enfermidade ou até mesmo a eliminação integral da mesma.

A Analgesia por Acupuntura é começada através da estimulação dos nervos através de poucos diâmetros nos músculos, que enviam sinais nervosos para a medula espinhal e depois pra 3 centros da medula espinhal, do mesencéfalo e da hipófise, que são ativados em virtude de liberarem substâncias químicas, como a endorfina e a monoaminas que bloqueiam as mensagens de dores.

Por causa de todo o mecanismo neural que ocorre na Acupuntura e demais variedades, cabe também ao cirurgião dentista passar a compreender a considerável eficácia dos resultados benéficos do encaminhamento do paciente pra realização de uma série de sessões de Acupuntura.

Mas em que área da Odontologia seria legal receitar ao paciente adulto ou pediátrico possíveis sessões de Acupuntura? Podemos indicar tanto para adultos como para crianças, devido a uma ampla variedade de técnicas. Na Acupuntura, temos tratamentos com e sem a utilização de perfuração usando agulhas, conhecida como Auriculoterapia, podendo-se fazer uso de agulhas, sementes ou magnetos anexados em algum local do pavilhão auditivo favorecendo e evitando traumas nos adultos e crianças.

Enumerarei alguns dos procedimentos da Odontologia que tem a possibilidade de beneficiar-se da Acupuntura: redução da ansiedade e traumas dos pacientes adultos e crianças; no pré e pós operatório de cirurgias ortognáticas, implantes, cirurgias periodontais, exodontias, cirurgias pré-protéticas, cirurgias parendodonticas; em pós operatórios de traumas de face; em casos de parestesia ou paralisia facial; em dores causadas pelo tratamento ortodôntico ou ortopédico; em tratamentos de desordens miofaciais e alterações ou processos dolorosos da Articulação Temporo Mandibular; ronco ou apinéia do sono; bruxismo.

Temos a Acupuntura como uma medicina que veio visando contribuir para a Odontologia e ajudar não unicamente os pacientes mas também nós, dentistas do Rio de Janeiro. Cabe neste momento aos profissionais buscarem mais estudo nesse segmento seja em virtude de terem capacidade de realizar a Acupuntura como para encaminhar para um profissional adequado.