O ENSINO DA LÍNGUA PORTUGUESA CONTRA AS DROGAS

ANÚNCIO

ESCOLA BÁSICA MUNICIPAL LEOBERTO LEAL – EJA

Paulo Marcelo Paulek

POR UMA PERSPECTIVA SOCIAL

DE LÍNGUA PORTUGUESA

CONTRA AS DROGAS

BLUMENAU

2010

INTRODUÇÃO:

Vivemos em uma época que tudo está direcionado contra as drogas, no entanto é inevitável e quase impossível conter o aumento de pessoas dependente das drogas.  O uso de drogas é um fenômeno sociocultural complexo, o que significa dizer que sua presença em nossa sociedade não é simples.  Não só existem variados tipos de drogas, mas também são diferentes os efeitos por elas produzidos, e os adolescentes são os mais vuneráveis. Pois estão em um momento de mudanças em seu corpo e tudo para eles é muito atrativo, eles são corajosos sempre querendo demonstrar que podem e querem ser diferente dos outros e neste momento que eles são pegos de surpresas.
Fazem-se necessárias neste momento muitas ações que possam conter está massa de adolescentes destemidos e sem preocupação com o futuro. Uma educação preventiva e a conscientização de todos: alunos, pais professores, enfim, toda a comunidade sobre os efeitos e conseqüências maléficas causadas por essas substâncias à vida humana em todos os seus aspectos físico, psíquico e social.   O desafio deste projeto é a luta pela valorização da vida como um bem social a serviço da construção de uma sociedade mais digna e fraterna.

JUSTIFICATIVA:

O presente projeto tem por objetivo através da Língua Portuguesa, mostrar aos alunos que as drogas é um caminho sem volta e que destrói vidas. E que muitas vezes é tarde tentar recuperar o tempo perdido. E vemos como importante iniciativa falar abertamente sobre as drogas e de trocar e adquirir informações sobre o assunto. Engana-se quem acha que adolescentes aparentemente sem problemas nunca experimentaram drogas. Por isso é importante informar os alunos sobre este vício nescrupoloso. Todos nós sabemos que adolescência é um momento em que a pessoa enfrenta períodos diferente divergências, onde as emoções e as contradições andam juntas e todo e qualquer cuidado são sempre muito importantes. E a droga funciona como um remédio para todos e tudo onde a pessoa encontra todas as repontas muitas vezes imaginadas. Falar sobre drogas, porém, não basta. É preciso mostrar que a droga é algo que vai estragar com próprio corpo e acabar com a família. É através de ação que vemos que podemos mudar este dilema quase inrreversivel.

OBJETIVOS:

Fazer com que os alunos fiquem sensibilizados sob a importância contra as drogas, Desenvolver a espontaneidade e a auto-estima dos alunos para facilitar que eles entendam realmente que as drogas é um assunto que pode modificar e muito suas vidas. E trabalhar com debates em sala de aula, juntamente com divulgação de ações contras as drogas, com a elaboração de faixas, cartazes, planfletos e estudos de buscas históricas sobre os tipos de drogas que estão em nossa sociedade. Ajudar o grupo a repensar sua atitude diante da questão das drogas. O que queremos é mostrar para os alunos é que eles podem ser as pessoas que podem fazer as diferenças, ou seja jogar a responsabilidade para os alunos, eles serão os motivadores para os outros alunos e colegas, os alunos gostam de desafios e nada mais importante que deixar eles fazer as ações para seus próprios colegas. Claro tudo dentro de uma orientação das atividades e elaboração das tarefas seremos pessoas para orientar-los.

MÉTODOS DE PROCEDIMENTOS :

Primeiramente colocaremos o objetivo do trabalho e após esta explicação, procuraremos separar o conteúdo em que os alunos deverão pesquisar sobre as drogas e suas causas. As classes envolvidas trabalharão individualmente e em grupos para pesquisas e debates. Utilização intensiva do Laboratório de Informática para a execução de cartazes, murais e pesquisas. Os alunos usarão a Internet para comentar e conversar e debates que serão feitos na sala de aula.

DESENVOLVIMENTO:

Pesquisas históricas;

Conversas informais;

Debates;

Produção de cartazes planfletos;

Elaboração de atividades relacionadas com o assunto como redação, perguntas; e texto que evolvem o assunto drogas;

Divulgação dos trabalhos na escola com apresentações e exposição dos mesmos;

PARTICIPAÇÃO :

Alunos e professores.

OBEJTIVOS ESPECÍFICOS;

A prevenção e a conscientização.

MATERIAIS NECESSÁRIOS:

Papel, cartolina, tesoura, fita crepe cola;

Retroprojetor;

Grampeador;

CRONOGRAMA:

Início do Projeto: Março Abril, Maio.
As ações serão contínuas durante todo o ano letivo e deverão ser repetidas a cada ano.

TRABALHOS EM GRUPO:

Após cada atividade, acontecerão trabalhos em grupos como discussões e elaboração de relatório sobre o tema específico.

AVALIAÇÃO:

A avaliação deverá acontecer durante todo o processo de realização do projeto, através da observação dos alunos durante o desenvolvimento dos trabalhos é importante salientar que o empenho individual também é muito importante, também com as atividades elaboradas e apresentadas conforme o cronograma.
RESULTADOS ESPERADOS:

Com este projeto, esperamos que as pessoas se tornem mais conscientes sobre os as causas das drogas à vida humana e que devem sim, buscar sempre formas de melhorar a sua qualidade de vida. E que os alunos não se deixem levar por um mero produto chamado droga, pois seu nome já justifica sua qualidade negativa.

ANÚNCIO