Um pouco mais sobre a invenção das populares persianas

A persiana, bem conhecida hoje por sua graciosidade e praticidade froi inventada pelo jovem Pierre Le Fou, naquele período com 20 anos de idade, em 1824. Acontece que Pierre inventou a persiana quando estudava algum método para reter o movimento da água num singelo córrego na propriedade de seu pai.

Foi após estudar e testar diversos métodos sem resultados aceitáveis que Pierre concluiu que algumas madeiras atravessadas de uma beira à outra do córrego deveriam atenuar a vazão das águas, mas esse fluxo deveria ser alterado seguindo a necessidade do momento. Foi assim que ele pensou que isso poderia ser produzido com o movimento das toras de madeira, abrindo e fechando as represas controlando a vazão de água do riacho.

Ele então chegou em sua casa com esta idéia firme na mente e construiu uma maquete feita em algodão engomado com cordoamento com o objetivo de imitar o movimento das lâminas visando controlar o fluxo das águas.

Foi então que, após fabricada a maquete e engomadas as lâminas de algodão, sua bela esposa colocou-a pendurada em uma janela visando secar a goma. Entretanto, ao mexer nas lâminas da maquete observou que a luminosidade do ambiente poderia ser controlada, assim como Pierre suspeitava fazer com as águas do singelo córrego. Foi assim que Pierre e sua esposa conseguiram desenvolver uma nova forma de cortina que batizaram de persiana em homenagem o apelido de criança de Pierre, que era Persi.

No mercado de hoje em dia há diversos tipos de persianas em variados materiais e cores, nas formas horizontal e vertical que são de fácil limpeza, boa praticidade e durabilidade, além de permitir o controle da luz nos ambientes.

A persiana de PVC é ideal para ambientes com muita poeira ou gordura, já que dispõe de material anti-alérgico, maior facilidade de limpeza e manutenção, além da boa resistência à impactos, luminosidade solar e à abrasão.

Já as persianas de bambu ou de madeira costumam ser indicadas para ambientes rústicos e para os ambientes mais sutis e/ou românticos é recomendável a utilização de persiana romanda (de recolhimento em dobras).

Harmônicas e versáteis. As persianas verticais dão um charme especial a qualquer ambiente residencial ou comercial. Já que atendem aos mais diversos gêneros de decoração. No momento existem coleções exclusivas com uma ampla variedade de exemplares de tecidos e lâminas em pvc.

Em suma, Encontram-se, nos dias de hoje no setor, diferentes modelos de persiana, visando atenderem aos mais exigentes consumidores e suas particulares necessidades. Em regiões com temperatura elevada, como o Rio de Janeiro por exemplo, é comum o uso deste utencílio. Assim, as cortinas contribuem para ajudar no resfriamento produzido pelo aparelho de ar condicionado. Por sua praticidade de manuseio, de simples limpeza, muita durabilidade e sua qualidade especial no controle de luminosidade e privacidade junto ao ambiente, a persiana vem se sobressaindo faz algumas décadas no desejo das pessoas em adquirí-las para embelezar seus ambientes.