A rota para o Cristo Redentor: Em busca da essência brasileira

A mais de 700 metros acima do nível do mar ergue-se uma das estátuas mais famosas do mundo: o Cristo Redentor do Rio de Janeiro. Hoje é a maior escultura Arte Deco do planeta e uma das Sete Maravilhas do Mundo Moderna, mas para os brasileiros significa muito mais. Esta estátua, que estende seus braços para o vazio desafiando as leis da física, parece abraçar toda a cidade com seu manto protetor tornando-se em um símbolo de amor fraterno.

O caminho para o Cristo

A centenária Estrada do Corcovado é a rua que leva ao Cristo Redentor. A exuberante vegetação verde ladeia ambos os lados e mal deixa passar os raios de sol, escondendo paisagens preciosas que se desvendam somente quando você chega no topo.

Outra opção será pegar o trem partindo da Estação Ferro do Corcovado. Este trem sai a cada 30 minutos, mas devido ao número limitado de pessoas transportadas em cada viagem pode ser que você precise esperar algumas horas. Depois terá que subir uma escadaria de 226 degraus, mas é um esforço que vale a pena.

Do Cristo Redentor você terá uma vista deslumbrante. Certamente vai se seduzir com as profusas colinas salpicadas pelas águas do Atlântico que dão vida às praias icônicas de Ipanema e Copacabana. Além disso, também não passará desapercebida, tal como uma camada protetora, a floresta do Parque da Tijuca cobrindo toda a área e se misturando aqui e ali com as áreas urbanas. Se aguçar a vista também verá o peculiar Pão de Açúcar e o agitado centro do Rio.

As cores do Cosme Velho

Seria um pecado se sua visita ao Cristo Redentor terminasse aqui. Antes de descer na cidade você poderá visitar o Largo do Boticário, uma bonita praça escondida no bairro do Cosme Velho. Abraçados pela vegetação verde atlântica vislumbram-se antigos casarões coloniais. Suas fachadas coloridas que datam dos anos 30 convidam a fazer uma viagem até o Brasil neocolonial em um ambiente de quietude total.

Se seguir as pistas deixadas pelas cores vai encontrar o Museu de Arte Naif. Você jamais poderia adivinhar que nessa casa antiga se encontram mais de 8.000 obras, tornando-se assim a maior coleção do mundo deste estilo.

Saiba que nesta área existem poucos hotéis já que se trata de uma área residencial, mas será suficiente se afastar um pouco para encontrar hotéis no Rio de Janeiro, que irão permitir a você viver ao máximo todo o charme carioca.