Aproveitar o tempo para buscar novas oportunidades é essencial para quem quer uma recolocação no mercado de trabalho

Em geral os desempregados demoram um pouco para se acostumar com a sobra de tempo e acabam não aproveitando bem as horas vagas para buscar uma nova oportunidade. Para quem está desempregado é necessário disciplina, planejamento e preparação para conseguir entrar novamente no mercado de trabalho. “O primeiro passo é atualizar o currículo, rever os objetivos e deixá-lo enxuto, apenas com as informações mais relevantes”, afirma Eberson Luiz Federezzi, diretor da empresa de recursos humanos Global Network.

A máxima “que é visto é lembrado” deve ser seguida a risca. Por isso quem busca uma nova vaga deve reservar pelo menos duas horas para buscar empresas e fontes para mandar o currículo. “A internet é uma ferramenta muito útil, pois permite que a pessoa pesquise e conheça mais sobre as empresas que deseja trabalhar. Se cadastrar nos sites de banco de empregos também é uma boa alternativa”, sugere Federezzi. Ele destaca que é preciso selecionar as empresas de acordo com o perfil do profissional e seus objetivos. “Não adianta mandar currículo para todos os lados, tem que ter foco. Aproveite e pesquise as vagas disponíveis na internet e nos jornais e se candidate as que achar que valem a pena e que combinem com você”.

Manter contato com antigos colegas de trabalho, amigos e pessoas que possam dar um auxílio na hora de conseguir um emprego é outro fator importante. “Ainda é comum muitas vagas serem preenchidas através de indicações, por isso manter uma rede de relacionamentos é essencial”, ressalta o diretor. Federezzi ainda pontua que o desempregado tem que aproveitar o tempo e se atualizar. “Se manter informado sobre as notícias do dia a dia e sobre a sua área de atuação podem ser um diferencial na hora da entrevista”, assegura.

Na hora da entrevista

Estar preparado para a entrevista é um passo a mais para a conquista do novo emprego. “É essencial pesquisar sobre a empresa e sobre a vaga a qual foi chamado. Saber a área de atuação, os valores e princípios da organização demonstram real interesse em trabalhar nela”, garante Federezzi. O especialista afirma ainda que o candidato deve driblar o nervosismo e falar com calma, clareza e segurança. “Ter uma boa comunicação, saber argumentar e mostrar como você pode contribuir com aquela empresa é fundamental”, esclarece. Não adianta mentir sobre suas qualificações ou se gabar sobre as suas qualidades. “Não diga nada a mais nem a menos, o equilíbrio é o ponto certo. Se você sabe o básico de inglês não diga que sabe falar fluentemente só porque a vaga pede, pois futuramente podem exigir isto e você não irá atender as expectativas”, finaliza.

http://www.gnetwork.com.br

eberson@gmetwork.com.br

41 3205-7545 / 41 3205-8575