Primeira Declaracao do Imposto de Renda

Já começou a corrida dos contribuintes para a declaração do Imposto de Renda, que deve ser entregue até o dia 30 de abril.

A maioria dos contribuintes só se lembra da declaração de Imposto de Renda às vésperas do prazo de entrega. Com isso perde a oportunidade de pagar menos, esquecendo que é preciso se organizar durante todo o ano.

Aqui estão algumas dicas:

– Procure seus dados e documentos sobre bens e dívidas do ano de exemplo 2010;

– As despesas que são deduzidas do IR, como planos de saúde, previdência privada e educação devem ser declaradas, assim como a venda de bens e ganhos de capital;

– Gastos com dependentes, hospitais, pensão alimentícia, pagamento de profissionais liberais, previdência privada, arrendamento rural, aluguéis, escolas e faculdades. Estes valores poderão ser descontados da IR.

– Verifique no seu contracheque se houve algum desconto do imposto de renda durante o ano, porque embora só sejam declarantes os que recebem acima de R$22 mil, você pode ter feito hora extra demais em um mês e ter sofrido desconto de imposto de renda. Nesse caso você pode pedir a restituição.

Lembre-se que qualquer erro ou inconsistência pode fazer sua declaração ficar retida na malha fina. Portanto, aja com antecedência. Tire suas dúvidas antes, baixe o programa, escolha o formulário que permita uma maior dedução (declaração completa ou simplificada), arquive todos os documentos em uma só pasta.

Se tiver restituição a receber, cadastre uma conta que você utiliza com frequência. Mas cuidado para não se esquecer, fechando esta conta no decorrer do ano – isto dificultará o recebimento do seu crédito.

Fique atento.