Educação Física: uma profissão do presente.

Fala-se muito que a Educação Física é uma das profissões do futuro, mas gosto de dizer que ela já é no presente, pois cada vez mais pessoas estão buscando pelo melhor condicionamento e pela atividade física como um todo.

Hoje, com os avanços tecnológicos temos tudo a nossa mão, de forma fácil, simples e acessível que por um lado nos traz conforto e comodidade, mas que por outro lado acarreta em sedentarismo, porque não precisamos fazer o mínimo esforço que antes era comum. Pra se ter idéia, antes tínhamos que nos levantar para simplesmente mudar o canal da televisão ou a simples tarefa do erguer e abaixar o vidro dos carros, que são alguns dos exemplos de que hoje em dia são raríssimas as situações que se repete esses pequenos esforços que resultavam de um mínimo, mas mesmo assim esforço que hoje é quase nulo.

Isso mostra que a tecnologia trouxe seus benefícios juntamente com seus malefícios e com isso cada vez mais sedentários surgem e em cima disso que a “Educação Física do presente” está sendo importante, seja em qualquer atividade personalizada ou em grupo, seja para performance ou para recreação.

São diversas as opções de atividades físicas as quais uma pessoa pode se identificar em uma delas, trazendo além do benefício, uma ferramenta de satisfação, reposição, alívio de estresse e ansiedade. Mas lógico que toda atividade física deve ser administrada de forma consciente e orientada por profissionais, como um médico e um professor de Educação Física, para que essa prática não se torne um pesadelo com lesões e surpresas desagradáveis.

Muitas vezes já nos deparamos com pessoas que começaram uma atividade física por simples hobby e que mais tarde se tornaram competidores e alguns de grande expressão. Lógico que o princípio básico da prática de uma atividade não visa a alta performance e sim o condicionamento físico e psicomotor, pois a rotina adequada traz uma melhor qualidade de vida levando resultados positivos para todas as áreas da vida dessas pessoas, como melhor concentração, maior capacidade de raciocínio, alívio do estresse e diminuição das taxas de ansiedade. Isso remete ao lema da Educação Física “Mens sana in corpore sano”, que é uma busca incessante dos profissionais da área, ainda mais se pensarmos que este século foi denominado como o das patologias psíquicas, tamanho os problemas massacrantes que se enfrenta no cotidiano.

Essas coisas reforçam ainda mais que a Educação Física é sim a profissão do presente por sua importância na formação de crianças e jovens em pessoas de bem através do esporte, da sociabilidade, do trabalho em grupo, da satisfação pela atividade, entre outros.

Fazer, praticar, treinar, se divertir, não deixe para depois, realize hoje, pois cada segundo e cada momento contam. Viva a vida com vigor, prazer e disposição!