Aborto versos pena de morte.

Aborto versos pena de morte. Leitor, leitora. Nesta minha nova manhã; sou surpreendido em saber através de um vídeo: um pastor, bastante conhecido; o qual, sempre a pregar o evangelho de prosperidade. Porém, independente disso, jamais imaginaria saber, ouvir em vê-lo  falando que é, a favor do aborto. Não tenho como entender, nem consigo; pois, … Ler mais

O Homem Consumido

O HOMEM CONSUMIDO Ronie Von Martins Os olhos em lágrimas que jamais não chorariam na pele da cara sua, brilhavam no rosto da cibernética outra criatura. Quadrada forma de intenso devorar a ação. Preso. E junto todo o resto e entorno. A carne mastigada em luz, cuspida em sites, cortada em sítios, a imagem rápida; … Ler mais

O analfabeto digital

1 INTRODUÇÃO A utilização da tecnologia para auxiliar na divulgação do conhecimento, não é importante para muitos profissionais que admitem não terem tempo ou curiosidade de usufruir. Consideremos então que, devido à informação ser hoje o principal fator do enriquecimento e divulgação, é importante conciliar essa divulgação com o conceito de ensinar. Talvez a economia … Ler mais

Filho pródigo

Até os oito anos acho que eu era um pouco covarde. Mil novecentos e noventa e quatro, eu acho. As pessoas aqui dizem que eu sempre fui muito precoce, sabe como é. Tenho certeza que acham isso porque já me viram falar sozinho algumas vezes. Poucas, mas precisas vezes. Eu sempre gostei de ficar horas … Ler mais

HOMEM SENTADO

a solidão do sujeito e o seu “desfazimento”.

MOBY

MOBY Ronie Von Rosa Martins Abriu um olho-claridade, brilho, luz-piscou uma, duas-três, várias vezes ligou e desligou o mundo. O outro. Aberta as janelas, fronteiras entre o sono e o despertar, talvez entre a morte e a vida, pensou… (ultimamente pensava demais.) Precisava levantar- “levanta filho da puta, levanta vagabundo.” – ouvia os quase inaudíveis … Ler mais

O HOMEM CONSUMIDO

O HOMEM CONSUMIDO Ronie Von Martins Os olhos em lágrimas que jamais não chorariam na pele da cara sua, brilhavam no rosto da cibernética outra criatura. Quadrada forma de intenso devorar a ação. Preso. E junto todo o resto e entorno. A carne mastigada em luz, cuspida em sites, cortada em sítios, a imagem rápida; … Ler mais

Seu Brasil e os Vizinhos

Pequena narrativa burlesca sobre as situações interna e externa de um velho conhecido nosso, seu Brasil

O Fantasma do Porão

CONTO QUE MOSTRA DOIS MENINOS QUE ESTÃO DORMINDO, MAS DURANTE A NOITE SÃO ACORDADO POR UM BARULHO QUE VEM DO PORÃO, ENTÃO COM MEDO OS DOIS VÃO CORRENDO ATÉ OS PAIS, PARA CONTAR O FATO.

Minhas Colocações Acerca da Vida

Ao longo de uma vida percebem-se mudanças e transformações. Às vezes pra melhor, às vezes pra pior. Porém em tudo se percebe também que existe uma maneira de aprendizado. Por exemplo, um adolescente quando cresce precisa tomar decisões nas quais não está acostumado a tomar e aí aprende. Durante toda uma vida são acrescentadas informações … Ler mais